Archive for the ‘Quadrinhos’ Category

Kick Ass: o filme

outubro 16, 2010

 wewewew Quando li Kick Ass pela primeira vez foi no ano de 2008, a proposta de um garoto que adora gibis, e sem nenhum poder, que resolve combater o crime parecia meramente comum.

Mas ao ler os dois primeiros números, você percebe as diferenças, desde o drama de esconder de seu pai o seu segredo e não o magoar até as burradas que um mero mortal sofre ao enfrentar o perigo nas ruas.

O ponto mais forte deste herói é sua persistência, ela apanha, apanha e apanha, é esfaqueado e sofre todas formas de agressões possíveis, mas não desiste e sempre se foca no bem maior.

É muito fácil um Peter Paker ou Wolverine enfrentarem o perigo, mas um mortal? Sem poderes, recuperação lenta? Sem ser a prova de balas? Sem experiência ou alguém que o ensine?

Vale o filme que está para sair? Sim vale. Mas duvido que supere o gibi.

Esta mania de Remakes enche um pouco, mas algo original pode nos entreter.

Nicolas Cage está na película, ele conseguiu realizar seu sonho, será um herói, o BIG DADDY, pai da Hit Girl, uma menininha assassina e muito boa de briga.

Para não estragar a história e deixar quem quer assistir o filme, paro por aqui, colocarei abaixo algumas comparações dos quadrinhos com o filme.

Mas recomendo ler o original também.

O gibi e filme seguem a sequência inicial idêntica

 Sem Título-2

Sem Título-1 cópia

Sem Título-3 

Hir Girl: Assassina treinada pelo seu pai.

Sem Título-6

Kick Ass: “Posso não voar, mas sei chutar umas bundas

Sem Título-4 cópia

 

Anúncios

Marvel VS DC?

setembro 9, 2009

Avengers_vs_JLA

A compra da Marvel Pela Disney agitou o mercado de heróis, a Warner Bros. e a DC Comics tentam estreitar relações para aproveitar melhor os heróis do Universo DC no cinema. Agora, segundo o blog Deadline Hollywood , a Warner decidiu ir além: vai reestruturar toda a editora.

O presidente da Warner Bros. Pictures Group, Jeff Robinov, falou: “É idéia de Jeff fazer com que a DC se reporte diretamente a ele, e a DC será agora sua responsabilidade direta, ao lado de Diane Nelson [presidente da Warner Premiere, divisão de filmes direto para DVD da casa]”.

Robinov teria procurado nos últimos meses produtores como Chuck Roven, Joel Silver e Akiva Goldsman para dizer que filmes como The Flash e Wonder Woman estavam de volta à pauta – mas os envolvidos deveriam abrir mão de acordos abonados para que esses projetos voltassem a ser desenvolvidos.

Paul Levitz, presidente e publisher da editora, continua na empresa, mas se reportará a Nelson, que por sua vez responde a Robinov. Antes dessa reestruturação, Levitz era subordinado apenas a Alan Horn, atual presidente do conselho da Warner Bros. (e superior de Robinov).

Está achando um pouco confuso? Resumindo:

– A DC Comics vira DC Entertainment, ganhando mais importância na Warner. Quadrinhos serão a “pedra fundamental” da nova empresa, segundo o comunicado, que assumirá maior controle sobre filmes, seriados, animações e games baseados nos personagens DC.

– Paul Levitz, presidente e publisher da DC desde 2002, deixará seu cargo e voltará a escrever e editar quadrinhos. Ele já está confirmado para assumir a série Adventure Comics, que estrela a Legião dos Super-Heróis, supergrupo que Levitz escreveu por quase 15 anos, nas décadas de 70 e 80.

– O novo cargo de presidente da DC Entertainment será de Diane Nelson. A importância dela cresceu na companhia nos últimos anos por conta das produções direto-para-DVD, como as animações com personagens DC, e principalmente por ter viabilizado o acordo da Warner com J.K. Rowling, a autora de Harry Potter. Não só o sucesso da franquia, como também a infinidade de produtos licenciados do bruxo, é mérito de Nelson, segundo os olhos da chefia da WB.

Acha que acabou? A Warner, que tem nada menos do que 7 bilhões de dólares em caixa. E, de acordo com a BusinessWeek, a companhia pode mirar a sua artilharia para empresas como DreamWorks, MGM, NBC Universal ou até para a Take Two Interactive, criadora da série de games GTA, BioShock e dos jogos esportivos da série 2K.

É gente a coisa vai pegar, e o bom para nós é que não importa o resultado, pois teemos mega-produções com muito dinheiro em caixa para fazer bonito. (assim espero).

Marvel VS DC?

setembro 9, 2009

 

Avengers_vs_JLA

A compra da Marvel Pela Disney agitou o mercado de heróis, a Warner Bros. e a DC Comics tentam estreitar relações para aproveitar melhor os heróis do Universo DC no cinema. Agora, segundo o blog Deadline Hollywood, a Warner decidiu ir além: vai reestruturar toda a editora.

O presidente da Warner Bros. Pictures Group, Jeff Robinov, falou: “É idéia de Jeff fazer com que a DC se reporte diretamente a ele, e a DC será agora sua responsabilidade direta, ao lado de Diane Nelson [presidente da Warner Premiere, divisão de filmes direto para DVD da casa]”.

Robinov teria procurado nos últimos meses produtores como Chuck Roven, Joel Silver e Akiva Goldsman para dizer que filmes como The Flash e Wonder Woman estavam de volta à pauta – mas os envolvidos deveriam abrir mão de acordos abonados para que esses projetos voltassem a ser desenvolvidos.

Paul Levitz, presidente e publisher da editora, continua na empresa, mas se reportará a Nelson, que por sua vez responde a Robinov. Antes dessa reestruturação, Levitz era subordinado apenas a Alan Horn, atual presidente do conselho da Warner Bros. (e superior de Robinov).

Está achando um pouco confuso? Resumindo:

– A DC Comics vira DC Entertainment, ganhando mais importância na Warner. Quadrinhos serão a “pedra fundamental” da nova empresa, segundo o comunicado, que assumirá maior controle sobre filmes, seriados, animações e games baseados nos personagens DC.

– Paul Levitz, presidente e publisher da DC desde 2002, deixará seu cargo e voltará a escrever e editar quadrinhos. Ele já está confirmado para assumir a série Adventure Comics, que estrela a Legião dos Super-Heróis, supergrupo que Levitz escreveu por quase 15 anos, nas décadas de 70 e 80.

– O novo cargo de presidente da DC Entertainment será de Diane Nelson. A importância dela cresceu na companhia nos últimos anos por conta das produções direto-para-DVD, como as animações com personagens DC, e principalmente por ter viabilizado o acordo da Warner com J.K. Rowling, a autora de Harry Potter. Não só o sucesso da franquia, como também a infinidade de produtos licenciados do bruxo, é mérito de Nelson, segundo os olhos da chefia da WB.

Acha que acabou? A Warner, que tem nada menos do que 7 bilhões de dólares em caixa. E, de acordo com a BusinessWeek, a companhia pode mirar a sua artilharia para empresas como DreamWorks, MGM, NBC Universal ou até para a Take Two Interactive, criadora da série de games GTA, BioShock e dos jogos esportivos da série 2K.

É gente a coisa vai pegar, e o bom para nós é que não importa o resultado, pois teemos mega-produções com muito dinheiro em caixa para fazer bonito. (assim espero).

Mulheres nos Quadrinhos – Parte II

setembro 7, 2009

Dando continuidade ao especial de “Mulheres Nos Quadrinhos” (sei que estou devendo isso a muito tempo), vou falar sobre as 10 mulheres mais famosas da DC Comics lembrando que já falamos anteriormente sobre a mulherada da Marvel.

1. Mulher Maravilha

mulher maravilha 3 mulher maravilha

Durante a história da Mulher Maravilha, seus poderes sofreram variações de acordo com os roteiristas, mas no geral Diana foi moldada da lama de Thasemyra e abençoada com diversos poderes por divindades gregas, entre eles super força, super velocidade, o poder de voar e telepatia que lhe permite se comunicar com os animais bem como o poder de se comunicar em qualquer língua (inclusive alienígena). Além disso, ela ganhou o laço da verdade, braceletes indestrutíveis (feitos de restos do escudo de Zeus) e um avião invisível. Ufa, quanta coisa, não?

2. Mulher Gato

catwoman 3 catwoman 2

Uma das personagens mais sexys da DC, Selina é uma orfã que já foi prostituta e hoje é uma das ladras mais conhecidas de Gotham City. Casinho constante do Batman, é uma mulher bastante ágil e inteligente com certos princípios: roubar de bandidos ou de gente muito rica. Ela tem como arma um chicote (oi, DC, vamos usar a criatividade? Tudo bem que o da Mulher Maravilha é um “laço”, mas enfim…) e uma paixão por gatos que são independentes como ela.

3. Hera Venenosa

ivy poison-ivy-diane-ozdamar

Mais uma da lista de mais sexys de Gotham City (rs), a Hera Venenosa além de poder controlar as plantas, pode expelir feromônios e tem lábios que são venenosos. Pamela, como era conhecida anteriormente, era uma cientista que estudava botânica e foi envenenada por seu comparsa durante um roubo.

4. Harley Quinn

harley_quinn_batman_3_villain arkhamharley

A Arlequina era a psicóloga que cuidava do Coringa no Arkham e durante este período ficou completamente apaixonada por ele, trocando sua vida de piscóloga pela aventura de ser criminosa. Ela é muito ágil por sua vida de ginasta no colégio e é extremamente maltratada pelo “namoradão”.

5. Lois Lane

superman_cartoon_1

A dona do coração do homem mais poderoso do mundo, Louis Lane começou como estagiária no “Planeta Diário” e hoje é considerada uma das maiores jornalistas de Metrópolis, tendo ganho diversos prêmios “Pulitzer” e também é uma boa lutadora já que seu pai, que é general, lhe ensinou técnicas de combate.

6. Oráculo

oracle-the-cure-1 oracle2

Hoje paraplégica por um tiro do coringa, Barbara Gordon é a filha do comissário Gordon porém mais conhecida como a Oráculo, além de ter sido a primeira bat-girl. Ela já foi namorada do Asa Noturna (o primeiro Robin) e atualmente está separada dele, embora ainda se gostem. Ela é a hacker informante dos heróis e é a chefe do grupo “Aves de Rapina” do qual participam principalmente a Canário Negro e a Caçadora.

7. Zatanna

ZATANNA_by_felipemassaferaZatanna_by_DarthTerry

Zatanna vem de uma linhagem de mágicos famosos, sendo que mantem em suas mágicas uma homenagem ao seu pai: as conjura falando ao contrário. Ela já fez parte da Liga da Justiça e realizou mágicas que demonstram sua capacidade de comandar os elementos, transformar objetos e pessoas (por exemplo, os inimigos em coelhos) além de manipular mentes. 

8. Super Girl

supergirl2 super_girl_1

Prima do superhomem, Kara chegou à Terra anos mais tarde que Ka-El, sobrevivente de Argo City, cidade Kriptoniana. Ela possui os mesmos poderes do super-man, e ainda por cima tem dois padrinhos poderosos, Diana, a mulher maravilha, que a levou para a ilha das amazonas e a ensinou técnicas de combates e estrátegia, fazendo  dela uma amazona honorária. E Batman, que lhe financia sua vida, dando-lhe bens para o seus sustento, a exemplo, um condomínio de 1 milhão de dolares em troca de um aparelho kriptoniano.

9. Estelar

starfire_turnerEstelar11 

Koryander é uma princesa do planeta Tamaran e chegou à Terra fugindo dos soldados da Cidadela, cidade em que foi tornada escrava. Com a ajuda de Dick Grayson, o Asa Noturna, ela conseguiu fugir e decidiu se juntar ao grupo dos novos titãs. Ela é apaixonada pelo Dick, primeiro Robin, e absorve energia solar para transformar na habilidade de voar. Uma das raças inimigas da sua a capturou e realizou experiências nela, tornando-a mais poderosa e capaz de liberar raios de energia pelas mãos, cujo poder está diretamente ligado à emoção que ela sente naquele momento.

10. Ravena

153710-raven_400 ravena

Filha do demônio Trigon, Ravena vive dividida entre sua parte boa e sua parte ruim, que ela tenta ocultar meditando diariamente. Extremamente poderosa, ela tem poderes telecinéticos, de cura e pode até parar o tempo e também faz parte do grupo Titãs.

Mulheres nos Quadrinhos – Parte II

setembro 7, 2009

Dando continuidade ao especial de “Mulheres Nos Quadrinhos” (sei que estou devendo isso a muito tempo), vou falar sobre as 10 mulheres mais famosas da DC Comics lembrando que já falamos anteriormente sobre a mulherada da Marvel.

1. Mulher Maravilha

mulher maravilha 3 mulher maravilha

Durante a história da Mulher Maravilha, seus poderes sofreram variações de acordo com os roteiristas, mas no geral Diana foi moldada da lama de Thasemyra e abençoada com diversos poderes por divindades gregas, entre eles super força, super velocidade, o poder de voar e telepatia que lhe permite se comunicar com os animais bem como o poder de se comunicar em qualquer língua (inclusive alienígena). Além disso, ela ganhou o laço da verdade, braceletes indestrutíveis (feitos de restos do escudo de Zeus) e um avião invisível. Ufa, quanta coisa, não?

2. Mulher Gato

catwoman 3 catwoman 2

Uma das personagens mais sexys da DC, Selina é uma orfã que já foi prostituta e hoje é uma das ladras mais conhecidas de Gotham City. Casinho constante do Batman, é uma mulher bastante ágil e inteligente com certos princípios: roubar de bandidos ou de gente muito rica. Ela tem como arma um chicote (oi, DC, vamos usar a criatividade? Tudo bem que o da Mulher Maravilha é um “laço”, mas enfim…) e uma paixão por gatos que são independentes como ela.

3. Hera Venenosa

ivy poison-ivy-diane-ozdamar

Mais uma da lista de mais sexys de Gotham City (rs), a Hera Venenosa além de poder controlar as plantas, pode expelir feromônios e tem lábios que são venenosos. Pamela, como era conhecida anteriormente, era uma cientista que estudava botânica e foi envenenada por seu comparsa durante um roubo.

4. Harley Quinn

harley_quinn_batman_3_villain arkhamharley

A Arlequina era a psicóloga que cuidava do Coringa no Arkham e durante este período ficou completamente apaixonada por ele, trocando sua vida de piscóloga pela aventura de ser criminosa. Ela é muito ágil por sua vida de ginasta no colégio e é extremamente maltratada pelo “namoradão”.

5. Lois Lane

superman_cartoon_1

A dona do coração do homem mais poderoso do mundo, Louis Lane começou como estagiária no “Planeta Diário” e hoje é considerada uma das maiores jornalistas de Metrópolis, tendo ganho diversos prêmios “Pulitzer” e também é uma boa lutadora já que seu pai, que é general, lhe ensinou técnicas de combate.

6. Oráculo

oracle-the-cure-1 oracle2

Hoje paraplégica por um tiro do coringa, Barbara Gordon é a filha do comissário Gordon porém mais conhecida como a Oráculo, além de ter sido a primeira bat-girl. Ela já foi namorada do Asa Noturna (o primeiro Robin) e atualmente está separada dele, embora ainda se gostem. Ela é a hacker informante dos heróis e é a chefe do grupo “Aves de Rapina” do qual participam principalmente a Canário Negro e a Caçadora.

7. Zatanna

ZATANNA_by_felipemassafera Zatanna_by_DarthTerry

Zatanna vem de uma linhagem de mágicos famosos, sendo que mantem em suas mágicas uma homenagem ao seu pai: as conjura falando ao contrário. Ela já fez parte da Liga da Justiça e realizou mágicas que demonstram sua capacidade de comandar os elementos, transformar objetos e pessoas (por exemplo, os inimigos em coelhos) além de manipular mentes.

8. Super Girl

supergirl2 super_girl_1

Prima do superhomem, Kara chegou à Terra anos mais tarde que Ka-El, sobrevivente de Argo City, cidade Kriptoniana. Ela possui os mesmos poderes do super-man, e ainda por cima tem dois padrinhos poderosos, Diana, a mulher maravilha, que a levou para a ilha das amazonas e a ensinou técnicas de combates e estrátegia, fazendo dela uma amazona honorária. E Batman, que lhe financia sua vida, dando-lhe bens para o seus sustento, a exemplo, um condomínio de 1 milhão de dolares em troca de um aparelho kriptoniano.

9. Estelar

starfire_turner Estelar11

Koryander é uma princesa do planeta Tamaran e chegou à Terra fugindo dos soldados da Cidadela, cidade em que foi tornada escrava. Com a ajuda de Dick Grayson, o Asa Noturna, ela conseguiu fugir e decidiu se juntar ao grupo dos novos titãs. Ela é apaixonada pelo Dick, primeiro Robin, e absorve energia solar para transformar na habilidade de voar. Uma das raças inimigas da sua a capturou e realizou experiências nela, tornando-a mais pod
erosa e capaz de liberar raios de energia pelas mãos, cujo poder está diretamente ligado à emoção que ela sente naquele momento.

10. Ravena

153710-raven_400 ravena

Filha do demônio Trigon, Ravena vive dividida entre sua parte boa e sua parte ruim, que ela tenta ocultar meditando diariamente. Extremamente poderosa, ela tem poderes telecinéticos, de cura e pode até parar o tempo e também faz parte do grupo Titãs.

Stan Lee aprova compra da Marvel pela Disney

setembro 1, 2009
da Reuters.

stan-lee

Stan Lee, co-autor de muitos dos mais famosos personagens da Marvel Entertainment Inc, aprovou ontem a aquisição da empresa pela Disney e dissipou temores de que o conglomerado do entretenimento possa enfraquecer a mitologia das HQs. Lee, que ajudou a dar vida a alguns dos ícones mais duradouros da cultura popular, como Homem-Aranha e o Quarteto Fantástico, disse que os fãs da Marvel não têm com o que se preocupar. “Para mim, ser ‘Disneyficado’ não é uma coisa ruim. Quero dizer, veja filmes como ‘Piratas do Caribe'”, disse Lee em entrevista por telefone à Reuters. “A Disney sabe como fazer filmes. Eles sabem como fazer personagens vivos, e acho que os fãs, se pensarem nisso, vão adorar [o negócio]”, afirmou o roteirista, que se desligou da Marvel há anos, mas ainda continua sendo presidente emérito da editora. Ontem, a Disney anunciou a compra da Marvel por US$ 4 bilhões. O ex-executivo da editora Shirrel Rhoades declarou que alguns dos leitores da Marvel estavam preocupados de que “os quadrinhos serão diluídos à maneira da Disney”. Para Lee, no entanto, o acordo traz novas possibilidades para suas criações, como Thor, que, segundo os planos da Marvel, terá adaptação para o cinema em 2011. “Estava pensando em algo totalmente diferente. O que poderia ser maior e até mais poderoso do que o Hulk? Pensei por que não um deus lendário?”, disse. Lee recorreu à Bíblia e a Shakespeare para dar maior força retórica a Thor. Aos 86 anos, ele não está mais envolvido nas operações do dia a dia da empresa, que ajudou tornar a Marvel uma gigante das histórias em quadrinhos. Hoje, Lee é a força criativa que move sua própria companhia, chamada POW! Entertainment, que tem um acordo de parceria com a Disney. E derrepente esse acordo? o pai da maioria dos 5.000 personagens da marvel ganhou muito com isso, mas vmaos lembrar que falta de dinheiro para produzir não falta!

Stan Lee aprova compra da Marvel pela Disney

setembro 1, 2009

da Reuters.

stan-leeStan Lee, co-autor de muitos dos mais famosos personagens da Marvel Entertainment Inc, aprovou ontem a aquisição da empresa pela Disney e dissipou temores de que o conglomerado do entretenimento possa enfraquecer a mitologia das HQs.

Lee, que ajudou a dar vida a alguns dos ícones mais duradouros da cultura popular, como Homem-Aranha e o Quarteto Fantástico, disse que os fãs da Marvel não têm com o que se preocupar.

“Para mim, ser ‘Disneyficado’ não é uma coisa ruim. Quero dizer, veja filmes como ‘Piratas do Caribe'”, disse Lee em entrevista por telefone à Reuters.

“A Disney sabe como fazer filmes. Eles sabem como fazer personagens vivos, e acho que os fãs, se pensarem nisso, vão adorar [o negócio]”, afirmou o roteirista, que se desligou da Marvel há anos, mas ainda continua sendo presidente emérito da editora.

Ontem, a Disney anunciou a compra da Marvel por US$ 4 bilhões. O ex-executivo da editora Shirrel Rhoades declarou que alguns dos leitores da Marvel estavam preocupados de que “os quadrinhos serão diluídos à maneira da Disney”.

Para Lee, no entanto, o acordo traz novas possibilidades para suas criações, como Thor, que, segundo os planos da Marvel, terá adaptação para o cinema em 2011.

“Estava pensando em algo totalmente diferente. O que poderia ser maior e até mais poderoso do que o Hulk? Pensei por que não um deus lendário?”, disse.

Lee recorreu à Bíblia e a Shakespeare para dar maior força retórica a Thor.

Aos 86 anos, ele não está mais envolvido nas operações do dia a dia da empresa, que ajudou tornar a Marvel uma gigante das histórias em quadrinhos. Hoje, Lee é a força criativa que move sua própria companhia, chamada POW! Entertainment, que tem um acordo de parceria com a Disney.

E derrepente esse acordo? o pai da maioria dos 5.000 personagens da marvel ganhou muito com isso, mas vmaos lembrar que falta de dinheiro para produzir não falta!

Disney compra a Marvel

agosto 31, 2009

marvel-552x316

Essa o mundo do entretenimento não esperava, a Walt Disney Co, anunciou a compra da Marvel, ou seja, todos os filmes, séries, desenhos, quadrinhos e milhares de personagens. Tudo por 4 Bilhões de Dólares.

A Disney, por exemplo, responde não só por gibis do Tio Patinhas, pelos parques de diversão e pelas animações da Pixar. Ela engloba também o canal ABC (de Lost e Desperate Housewives), um dos líderes em audiência nos EUA, as produtoras de cinema Touchstone e Miramax, canais de TV a cabo como Jetix e The History Channel, a editora Hyperion Books e a maior parte da ESPN.

A DC Comics, também faz parte de um conglomerado, a Time Warner, que – por acaso ou não – disputa diariamente com a Disney a posição de maior do mundo. Time Warner, novamente, não é só Superman e Pernalonga, mas a America Online, os canais HBO (de Família Soprano e True Blood), The CW (de 90210 e Smallville), Cartoon Network, uma parte da CNN, a revista Time e muita, mas muita coisa.

Se a Disney seguir o padrão da DC que é ministrada separadamente do resto da Warner. Jeffrey Bewkes, presidente da Time Warner, não dá opinião sobre o que a DC publica.

Vale lembrar que a Marvel já teve outros donos. Em 1968, o fundador Martin Goodman vendeu-a para a Perfect Film and Chemical Corporation (depois renomeada Cadence Industries). Em 1986, a editora virou propriedade da New World Entertainment, produtora de filmes e seriados de TV. Em 1989, foi para a MacAndrews & Forbes, um fundo de investimentos que abriu o capital da Marvel na bolsa de valores, decisão que levou a brigas judiciais e à concordata da editora em meados da década de 90.

(Curiosamente, o presidente da MacAndrews & Forbes, Isaac Perelman, falou que comprara a Marvel porque ela era “uma Disney em miniatura em termos de propriedade intelectual”.)

Em cada uma dessas mudanças, os rumos editoriais da Marvel foi duramente afetado – não tanto em termos de qualidade, mas certamente em quantidade de quadrinhos publicados (para menos ou para mais). Da mesma forma, a boa receptividade dos filmes de Blade, X-Men e Homem-Aranha a partir do fim da década de 1990 impulsionou a divisão de quadrinhos.

Será que o negócio Disney/Marvel pode afetar a publicação dos gibis no Brasil? É uma possibilidade que parece distante, mas a Disney tem um contrato de quase 60 anos com a Editora Abril no Brasil e de mais de 70 anos com a italiana Mondadori, rival da Panini, cuja subsidiária publica os quadrinhos.

Mas vamos lembrar que a Disney tem um padrão violento de qualidade e muito, mas muito dinheiro, quem sabe o Homem de Ferro não saia em Imax 3d?

0423jackman

Patrão com o seu novo funcionário.

Disney compra a Marvel

agosto 31, 2009

 

marvel-552x316

Essa o mundo do entretenimento não esperava, a Walt Disney Co, anunciou a compra da Marvel, ou seja, todos os filmes, séries, desenhos, quadrinhos e milhares de personagens. Tudo por 4 Bilhões de Dólares.

A Disney, por exemplo, responde não só por gibis do Tio Patinhas, pelos parques de diversão e pelas animações da Pixar. Ela engloba também o canal ABC (de Lost e Desperate Housewives), um dos líderes em audiência nos EUA, as produtoras de cinema Touchstone e Miramax, canais de TV a cabo como Jetix e The History Channel, a editora Hyperion Books e a maior parte da ESPN.

A DC Comics, também faz parte de um conglomerado, a Time Warner, que – por acaso ou não – disputa diariamente com a Disney a posição de maior do mundo. Time Warner, novamente, não é só Superman e Pernalonga, mas a America Online, os canais HBO (de Família Soprano e True Blood), The CW (de 90210 e Smallville), Cartoon Network, uma parte da CNN, a revista Time e muita, mas muita coisa.

Se a Disney seguir o padrão da DC que é ministrada separadamente do resto da Warner. Jeffrey Bewkes, presidente da Time Warner, não dá opinião sobre o que a DC publica.

Vale lembrar que a Marvel já teve outros donos. Em 1968, o fundador Martin Goodman vendeu-a para a Perfect Film and Chemical Corporation (depois renomeada Cadence Industries). Em 1986, a editora virou propriedade da New World Entertainment, produtora de filmes e seriados de TV. Em 1989, foi para a MacAndrews & Forbes, um fundo de investimentos que abriu o capital da Marvel na bolsa de valores, decisão que levou a brigas judiciais e à concordata da editora em meados da década de 90.

(Curiosamente, o presidente da MacAndrews & Forbes, Isaac Perelman, falou que comprara a Marvel porque ela era “uma Disney em miniatura em termos de propriedade intelectual”.)

Em cada uma dessas mudanças, os rumos editoriais da Marvel foi duramente afetado – não tanto em termos de qualidade, mas certamente em quantidade de quadrinhos publicados (para menos ou para mais). Da mesma forma, a boa receptividade dos filmes de Blade, X-Men e Homem-Aranha a partir do fim da década de 1990 impulsionou a divisão de quadrinhos.

Será que o negócio Disney/Marvel pode afetar a publicação dos gibis no Brasil? É uma possibilidade que parece distante, mas a Disney tem um contrato de quase 60 anos com a Editora Abril no Brasil e de mais de 70 anos com a italiana Mondadori, rival da Panini, cuja subsidiária publica os quadrinhos.

Mas vamos lembrar que a Disney tem um padrão violento de qualidade e muito, mas muito dinheiro, quem sabe o Homem de Ferro não saia em Imax 3d?

0423jackman

 

 

Patrão com o seu novo funcionário.

Super-Pais

agosto 9, 2009

Fiz uma lista com os sete pais que mais me chamaram a atenção no cinema e quadrinhos, depois gostaria que vocês leitores fizessem sua lista nos comentários!

Jor-el: Pai de Clark Kent, o Super-Man, que ele enviou em direção ao planeta Terra, ainda bebê, em face da iminente explosão de seu planeta, sacrificando sua vida e indo contra as ordens do governo de Krypton em favor de seu filho. O ator Marlon Brando interpretou Jor-El nas películas Superman.

20070328175102!Jor-el_actioncomics844jorel_1150756674

Bryan Mills (Busca Implacável): ex-agente do governo que faz de tudo para achar sua filha seqüestrada na Europa por agentes de “escravas brancas”. Uma famosa frase dele: “Não sei quem você é. Não sei o que você quer. Se for resgate, vou avisando, não tenho dinheiro. Só tenho a habilidade adquirida em uma longa carreira nas sombras. Habilidade que faz de mim um pesadelo para gente como você. Se soltar minha filha agora, tudo estará resolvido. Não irei atrás de você; sem procura nem perseguição. Se não soltar, vou atrás de você, e vou encontrá-lo. Acabo com você.”

buscaimplacavel_cenabusca-implacavel-foto-7

Antonio Ricci (Ladrões de bicicleta): Sem dinheiro, Ricci conseguem dinheiro para uma bicicleta, possibilitando realizar o seu trabalho. Na história há também o menino Bruno, interpretado por Enzo Staiol. Fascinado por bicicletas, o menino cai de cabeça com o pai na busca pela bicicleta que lhe foi roubada, enquanto Ricci trabalhava em seu primeiro dia. Esse roubo é o empurrão para o desenrolar do filme, a busca incansável de Ricci, seu filho e amigos para recuperar o objeto não só de trabalho, mas de esperança de uma vida melhor da família. O desespero do pai em busca de seu material de trabalho e a sua preocupação em ter dinheiro para alimentar o filho é magnífica e triste.

63803_00005ca8ladores_de_bicicleta_02

Guido Orefice ( A vida é Bela): Imagine um pai em um campo de concentração com seu filho, todos os horrores que ele pode passar. Mesmo assim o super-pai, faz com que o filho viva em um “mundo à parte” sem perceber todo o terror, sacrificando ao limite para manter essa farsa.

galeria-3vida-e-bela03

Marlin (Procurando Nemo): Marlin um peixinho minúsculo, atravessa milhares de quilômetros em oceano aberto em busca de seu filho seqüestrado por humanos.

nemo5findingnemowall

Falcão (Falcão- Campeão dos Campeões): A pedido dos leitores acrescentei este super-pai, que faz de tudo pelo seu filho, enfrenta seu sogro poderoso e criminoso, em meio a um combate de “quebra de braço” onde pretende ganhar o prêmio e assim proporcionar uma vida melhor para o seu filho.

OverTheTop_lobby_card_stallone_and_kidoverthetop-379x300

Scott Summers (X-men HQ): Mais conhecido pelo seu pseudônimo, Ciclope teve um filho
com Madelyne Pryor, uma clone de Jean Grey que surgiu após a saga conhecida como a Morte da Fênix. Esse filho, Nathan Christopher Charles Summers é que tornou-se o Cable. Durante a época na qual Ciclope fazia parte do X-Factor o vilão Apocalipse infectou seu filho com um vírus artificial cibernético, o Vírus Tecnorgânico (Tecno-Vírus). Não havia nenhuma forma de cura óbvia e o garoto parecia fadado a morrer. No entanto, pouco após a contaminação, surgiu uma mulher que alegava se chamar Askani e dizia ter vindo do futuro com o propósito específico de levar Nathan, a fim de salvá-lo. Askani . Imagina o conflito, será que esta mulher curaria seu filho prester a morrer? Ciclope arriscou e entregou o filho para a cura.

Durante a infância de Cable as mentes de Scott Summers e Jean Grey foram transportados para o futuro e em corpos que se assemelhavam aos originais para que criassem e cuidassem de Nathan. Desde cedo o jovem mutante teve de aprender a usar seus imensos poderes telepáticos e telecinéticos para retardar o avanço do tecno-vírus em seu corpo. Que paizão Heim!

2612798466_f03866b77e532596-cyclops_super

Sei que poderia ter colocado muitos super-pais, mas ai o post ficaria grande demais.